Rede Incluir: Programa de Apoio à Pessoa com Deficiência ou Reabilitando 


Sociedade Inclusiva: Rede de Inclusão Social


Por: Equipe da Sociedade Inclusiva


   Na década de 1990, alguns de nós, professores da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas), preocupados com a formação de educadores que atuavam em escolas especiais, pensamos inicialmente em fazer um encontro para discutir a prática educacional nessas instituições. Mas logo vimos que essa era uma questão complexa, que exigiria discutir também a acessibilidade aos espaços públicos e privados, à saúde, ao trabalho, à tecnologia, à arte, enfim, aos direitos humanos. Assim, acabamos por organizar, em outubro de 1999, o I Seminário Internacional Sociedade Inclusiva. Nesse primeiro Seminário, intitulado apenas como "Sociedade Inclusiva", reuniram-se vários pesquisadores de outros países, como Suécia, Chile, Inglaterra e Estados Unidos, e de vários estados brasileiros para discutir como uma sociedade poderia se organizar para ser inclusiva. No mesmo evento propôs-se a criação do Fórum Permanente Sociedade Inclusiva, vinculado à Pró-reitoria de Extensão (Proex) da PUC Minas. Mais tarde, a "Sociedade inclusiva: rede de inclusão social" foi reconhecida pelo Conselho Universitário (Consuni), através da resoluçãoo nº 2/2005.
  A princípio o Núcleo Sociedade Inclusiva, composto por professores e alunos de vários cursos da Universidade, inspirado na Declaração universal dos direitos humanos (ONU, 1948), deteve-se em discutir o acesso aos direitos das pessoas com deficiência; em um segundo momento, o dos grupos de negros e índios; e, mais recentemente, o de grupos que, por questões de gênero e orientação sexual, são discriminados e excluídos dos direitos fundamentais. A discussão de exclusões direcionadas a outros grupos também acontece nos seminários, que são realizados de dois em dois anos.
  O Núcleo tem como princípios: conceber a Sociedade Inclusiva como aquela em que todas as pessoas, independentemente de sexo, idade, crença, etnia, raça, orientação sexual ou deficiência, são necessariamente reconhecidas como cidadãs e em que a todas elas são facultados os direitos econômicos, sociais, civis e culturais, eliminando-se quaisquer formas de discriminação e segregação; primar por uma sociedade aberta e acessível a todos os grupos, que encoraja a participação e aprecia a diversidade e as experiências humanas; compreender a atividade extensiva voltada para a inclusão social como uma das formas de expressar o compromisso social da Universidade e de tornar público o conhecimento produzido por ela; entender a extensão como prática interdisciplinar e transdisciplinar associada ao ensino e à pesquisa; e realizar parcerias de cooperação interinstitucional.
  Desde o seu surgimento, o Núcleo desenvolveu varias ações de debate e promoção dos direitos de grupos historicamente excluídos dos direitos fundamentais. Entre elas, os seminários internacionais merecem destaque por reunir pessoas com diferentes olhares em torno da discussão e da promoção de produção científica sobre a temática da sociedade inclusiva. O primeiro Seminário buscou conceituar o termo "sociedade inclusiva", e tivemos muitas dificuldades de encontrar pessoas no Brasil para promover esse debate. No segundo Seminário, em 2001, ampliamos a discussão, trazendo a temática da globalização, do meio ambiente e da responsabilidade empresarial, e demos destaque à questão da inclusão racial. No terceiro Seminário, intitulado "Ações Inclusivas de Sucesso", realizado em maio de 2004, apresentaram-se muitos trabalhos que mostravam que a discussão havia provocado mudanças na sociedade. O quarto Seminário, em outubro de 2006, propôs avaliar os impasses e avanços das propostas e das ações inclusivas, as quais, devido ao acúmulo de experiências debatidas nos seminários anteriores, exigiam uma reflexão mais apurada. E no quinto e mais recente Seminário, realizado em outubro de 2008, colocamos em discussão a questão das diferenças de pessoas e grupos e a da sustentabilidade, um paradoxo na sociedade contemporânea.




Notícias


II JORNADA INTERNACIONAL DA INCLUSÃO & II ENCONTRO NACIONAL DO EMPREGO APOIADO

Cursos de Capacitação para Pessoas com Deficiência - 2º semestre 2018

Depoimentos Extensionistas sobre o Programa Rede INCLUIR

Folder: Curso de Capacitação para Pessoas com Deficiência - 2018

Guia da Previdência Social



Arquivos




Avenida Dom José Gaspar, nº 500 - Coração Eucarístico - Prédio 30 - Sala 311
(31) 3319-4082/4977 - e-mail: redeincluir@pucminas.br
CEP: 30535-901 - Belo Horizonte - MG


©2010 - 2018| Webmaster | Pro Reitoria de Extensão - PUC Minas - Belo Horizonte - MG 

Carregando Pesquisa...